Cachaça de Cataia – O Uísqui dos Caiçaras

R$ 28,60

A Cachaça de Cataia é uma bebida artesanal que é feita com a folha da Cataia, O nome Cataia vem do tupi e quer dizer Folha que queima. quando submersa na cachaça reduz drasticamente a acidez, fazendo com que a bebida torne-se saborosa. É consumida geralmente pura ou com mel, realçando seu sabor.

17 em estoque

REF: CHCAT0102 Categoria

Descrição

A Cachaça de Cataia é uma bebida artesanal que é feita com a folha da Cataia, O nome Cataia vem do tupi e quer dizer Folha que queima. quando submersa na cachaça reduz drasticamente a acidez, fazendo com que a bebida torne-se saborosa. É consumida geralmente pura ou com mel, realçando seu sabor.

Segundo histórias locais, a bebida originou-se na comunidade de Barra do Ararapira, litoral norte paranaense em 1985, quando um colono resolveu misturar as folhas de cataia, originalmente utilizada na comunidade como chá ou erva anestésica, com cachaça. A partir daí a fama da bebida se espalhou pelas redondezas, sendo utilizada pelos pescadores em dias de frio e também por turistas, sobretudo de São Paulo e do Paraná, que propagandearam a bebida, também conhecida como “uísque caiçara” ou “uísque da praia”.[

Dependendo do preparo, seu teor alcoólico varia entre 20% e 40%.

A cataia, também conhecida como casca de anta, casca d’anta, canela amarga, pau-pra-tudo, melambo e caa-pororoca, é uma planta de grande porte, cuja floração chegava até 27 metros. No entanto, devido ao grande sucesso que o chamado uísque caiçara (uma cachaça medicinal de cataia) alcançou, muitos exploradores estão arrancando as folhas e caules dessa planta antes do tempo. Devido a essa exploração intensa, passou a ser considerada apenas um arbusto. Seu nome deriva da língua tupi-guarani, e significa “folha que queima”. Decerto que seu sabor e cheiro são realmente picantes e amargos.

É natural de climas frios e de altitude, os chamados brejos. Suas folhas são usadas para a fabricação da cachaça e como temperos e especiarias. As cascas de cataia são utilizadas também, principalmente de uma forma mais voltada à medicina natural. É rica em eugenol, um composto de teor antisséptico e anestésico. Possui propriedades antiespasmódica, tônica, antiescorbútica, expectorante, carminativa, estomática e sudorífica. Seus usos estão relacionados ao tratamento de ferimentos e de problemas estomacais, como azia, diarreia e dor de estômago. Há relatos sobre a utilização de cataia para tratar a impotência sexual, pois há quem diga que ela atua como um afrodisíaco, aumentando assim a libido.

Benefícios

É indicado com suporte aos tratamentos de anemia, bronquite, malária, náuseas, cólica, disenteria, febre, dor intestinal, gastrite, dispepsia e convalescença. Também é considerado benéfico para o tratamento de problemas do sistema nervoso, apesar dos efeitos serem controversos, mudando de acordo com cada metabolismo. Há pessoas que afirmam que o chá é calmante, promovendo uma sensação de relaxamento e que age até como soporífero. Existem ainda relatos que afirmam esse líquido provoca excitação, atua como revigorante e até dinamizador.

A Cataia também conhecida como casca d’anta

Extinção

Devido ao grande sucesso dessa planta e da cachaça que agradou o paladar de muitos brasileiros e turistas, a exploração vem sendo feita, muitas vezes, de forma criminosa, desrespeitando os tempos de crescimento da cataia. Muitos moradores da região e até pesquisadores estão com medo da extinção. Isso porque o manejo incorreto já transformou drasticamente a capacidade de chegar aos 27 metros ideais, e agora está devastando os arbustos, matando-os em vez de apenas colher as folhas. Na ambição de vender cada vez mais essa cachaça, muitos não veem que no fim, podem ficar sem nada. [509]

 

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Cachaça de Cataia – O Uísqui dos Caiçaras”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *